Place your content here
Segurança da Informação

Segurança da Informação

Atualmente, a informação é um dos ativos mais valiosos dentro das organizações. Seja no que diz respeito a documentos digitais, recursos de projetos ou dados de clientes e colaboradores, sua perda ou vazamento pode representar um prejuízo irreparável, o que explica a importância da segurança da informação nas empresas.

Sendo assim, listamos 7 das maiores vantagens para você proteger o seu negócio das ameaças digitais e manter seus dados seguros. Acompanhe!


Garantir a integridade e a disponibilidade dos dados

A integridade e disponibilidade dos dados são dois dos quesitos básicos da segurança da informação. A integridade se refere à capacidade de manter as características originais das informações, protegendo-as de alterações acidentais ou modificações propositais. Já a disponibilidade diz respeito a garantir que pessoas autorizadas possam acessá-las sempre que precisarem, prevenindo que intrusos ou usuários sem permissão manipulem esses recursos.

Dito isso, precisamos considerar que dados corrompidos e falhas nos dispositivos de armazenamento podem representar problemas sérios para a empresa. Para evitar esses contratempos, o ideal é contar com a programação de backups periódicos e uma boa solução de armazenamento na nuvem.


Estar preparado para administrar crises

Ninguém gostaria de enfrentar uma crise provocada por um vazamento de dados confidenciais dos clientes, por exemplo, mas toda empresa deve estar preparada para o caso de algo do gênero acontecer. Nesse sentido, uma política de segurança da informação permite que se estabeleça um plano de ação para:

  •  analisar o problema;
  • entender o seu impacto para a organização e para os consumidores;
  • minimizar os danos;
  • criar formas de prevenir que o problema ocorra novamente.

Dessa maneira, seus colaboradores saberão como agir e dificilmente tomarão medidas improvisadas, tomando as providências necessárias com cautela, de modo a não comprometer ainda mais a imagem da organização.


Preservar dados competitivos da empresa

Ao falarmos de dados competitivos, podemos pensar em segredos industriais ou especificações de projetos que favoreceriam a concorrência se caíssem em mãos erradas ou viessem a se tornar públicos. Contudo, devemos ter em mente que o vazamento de dados mais simples — como lista de clientes, folha de pagamento ou uma planilha com a receita mensal — já poderia afetar as estratégias da empresa.

Por esse motivo, os bancos de dados e documentos digitais da organização devem estar protegidos por sistemas de autenticação, que permitam que apenas pessoas autorizadas tenham acesso a determinadas informações.

Além disso, é válido fazer um controle de permissões adequado, de maneira que pessoas que só precisem visualizar um arquivo não tenham autorização para editá-lo, por exemplo.


Proteger os e-mails corporativos

Quando o assunto é segurança da informação, é comum pensarmos em brechas em programas, sistemas operacionais e até mesmo na infraestrutura de TI da empresa. Porém, as ameaças também podem aparecer dentro do e-mail corporativo.

Criminosos são capazes de criar mensagens falsas, se passando por outra pessoa ou instituição e induzindo o destinatário a clicar em links que levam a sites suspeitos — tipo de ataque conhecido como phishing. Nele, o usuário provavelmente será influenciado a compartilhar alguma informação confidencial ou será infectado por um vírus ou outro programa malicioso.

Portanto, é importante que a política de segurança da informação da organização também inclua o treinamento dos colaboradores em relação ao acesso à internet, esclarecendo quais são os tipos de ataques e os riscos envolvidos.
Incorporar a segurança como parte da cultura da empresa

Implementar medidas de segurança da informação nas empresas requer a participação de todos os colaboradores. Porém, pode ser que isso provoque resistência a algumas práticas que a organização venha a exigir, especialmente quando os funcionários não estiverem acostumados a tomar certos cuidados com os seus próprios dados no dia a dia.

Por isso, é fundamental que a companhia leve a política de segurança da informação a sério e a incorpore à sua cultura. Isso deixará claro que a segurança é parte integrante dos valores da empresa e que todos os seus trabalhadores devem prezar por ela.


Aumentar a confiança de clientes e investidores

À medida que a segurança fizer parte da cultura corporativa e a organização for reconhecida por ter essa preocupação, os clientes se sentirão mais confiantes em fechar negócios com você. Afinal, tomar os devidos cuidados para manter as informações a salvo é um indício de que a empresa investe em aspectos significativos para a saúde do negócio — e espera-se que a satisfação do cliente e o bom atendimento estejam entre eles.

O mesmo vale para potenciais investidores, que perceberão que a empresa está empenhada em minimizar riscos de ataques e vazamentos de informações, e terão mais confiança em aplicar capital na companhia, financiar projetos ou fazer algum tipo de aporte.


Manter o bom andamento do negócio

Suponha que ocorra um ataque à sua empresa, em que os computadores são infectados por um programa malicioso, que bloqueia as máquinas e exige uma quantia em dinheiro para que os responsáveis tenham acesso aos dados presentes nelas novamente.

Uma situação semelhante ocorreu com uma série de organizações afetadas pelo ransomware WannaCry, em 2017, causando a interrupção de serviços e diversos outros transtornos, tanto para funcionários quanto para consumidores.

Esse foi mais um sinal de que medidas de segurança — como manter o sistema operacional atualizado — precisam estar entre as normas das empresas. Além de ajudarem a proteger as informações da organização, essas providências vão evitar que o negócio tenha que interromper suas atividades até que se encontre soluções para os problemas causados por um ataque.

Podemos perceber, portanto, que dedicar esforços para implantar a segurança da informação nas empresas é um investimento necessário para manter seus dados a salvo e acessíveis apenas pelas pessoas apropriadas. Não importa se a sua companhia trabalha ou não com produtos inovadores, fórmulas ou segredos técnicos — ela certamente tem dados relevantes para o funcionamento do negócio, que o prejudicarão se forem roubados, revelados ou perdidos.

Deixe uma resposta

Fechar Menu
×
×

Carrinho